Pondé e os Pterodátilos


Foto maior: Carol Sachs |  Foto de Nanini (ao fundo): site da Globo |  Composição: Jussara Almeida

— Peça em cartaz no Teatro FAAP


Você sabe, caro leitor, que o mundo está dividido entre aqueles ingênuos que acham que mãe é sinônimo de amor e aqueles realistas que sabem que existem mães que não deveriam ser mães. Sim, existem mães predadoras de filhos. […]

O antropólogo americano Ernest Becker, escrevendo uma obra na fronteira entre darwinismo e psicanálise nos anos 60 e 70, já havia apontado para um fato importante com relação à espécie humana: somos a única espécie que além de enfrentar um meio ambiente externo, tem que enfrentar um meio ambiente interno. […]

Penso como o dramaturgo romeno Ionesco: é a condição humana que determina a condição social e não o contrário. Acho que a teoria evolucionista captura melhor essa condição humana do que o blábláblá das ciências sociais. […]

O destino de nossa espécie pode não ser apenas função da devastação de florestas, mas também da devastação do afeto que fica invisível no cotidiano.

(Luiz Felipe Pondé, 11.04.2011 – FONTE DA CITAÇÃO [artigo completo]: AQUI)


** Desculpem o atraso **

OBS: Foi enviado POR EMAIL somente para os inscritos no blog. Para os que se inscreveram com contas da WordPress, não temos acesso aos seus emails. Se quiserem receber também, por favor, cadastrem-se apenas com os emails ou enviem essa informação para: equipe.pathfinder@hotmail.com


Anúncios

~ por Pathfinder em 12/04/2011.

 
%d blogueiros gostam disto: